Última hora
This content is not available in your region

Campeão de Scrabble francófono não fala francês

Campeão de Scrabble francófono não fala francês
Tamanho do texto Aa Aa

Talvez soubesse dizer “oui” e “bonjour”, mas o francês de Nigel Richards não ia muito além disso até decidir, durante nove semanas, estudar a fundo o léxico da língua de Molière, como preparação para o campeonato de Scrabble francófono, organizado em Lovaina, na Bélgica. O extraordinário é que se sagrou campeão, mesmo se para ele as palavras não são mais que combinações de letras.

Nigel Richards, a lenda

Natural da Nova Zelândia, Richards costuma representar a Malásia (onde reside) nos vários campeonatos de Scrabble, em que ganhou o estatuto de lenda, acumulando vitórias atrás de vitórias nas competições anglófonas.

No entanto, ninguém acreditava que se conseguisse impor na versão francófona do jogo. Redondo engano: Não só foi campeão, derrotando o gabonês Schélick Ilagou Rekawe na final, como se deu ao luxo de contestar palavras do adversário com base em regras gramaticais, como relata este jornalista que assistiu ao campeonato:

O que é o Scrabble?

O Scrabble é um jogo de tabuleiro, criado em 1938 por Alfred Mosher Butts. Consiste em formar palavras através de peças, cada uma representando uma letra, tentando realizar combinações que dêm o maior número de pontos possível.

É um dos mais populares jogos de tabuleiro e pode jogar-se também pela Internet, incluindo no Facebook.

As palavras vencedoras

Miauler: Miar.
Anatrope: Anátropo (Planta que cresce de cima para baixo).
Énouat: Conjugação (imperfeito do conjuntivo, terceira pessoa do singular) do verbo énouer (desatar, abrir um nó).
Régnants: Reinantes.
Canidé: Canídeo (género biológico a que pertencem os cães, raposas e lobos).