EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Um polícia morto nos confrontos em Istambul

Um polícia morto nos confrontos em Istambul
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Houve confrontos entre a polícia e cidadãos que se concentravam, em Istambul, para o funeral de Gunay Ozarslan, morta durante uma operação policial

PUBLICIDADE

Houve confrontos entre a polícia e cidadãos que se concentravam, em Istambul, para o funeral de Gunay Ozarslan, morta durante uma operação policial contra o ilegalizado Partido/Frente Revolucionária de Libertação do Povo. Um polícia morreu.

Noutra zona da capital, milhares de pessoas, entre elas membros do partido pró-curdo HDP, pediram paz. O Governo turco está a bombardear posições do Partido dos Trabalhadores do Curdistão e do Estado Islâmico.

“Esta é a declaração do fim do processo de paz pelo Governo, mas não esperamos a paz dos apoiantes do ISIS, dos poderes regionais. Acreditamos que a paz virá do povo, das pessoas oprimidas do país. Estamos a tentar apoiar o seu esforço”, afirmou Baver, que sobreviveu ao bombardeamento de Suruc.

“Estamos aqui com outros sobreviventes do bombardeamento. Estamos numa manifestação pacífica. Queremos paz e não guerra”, disse Mehmet Lüftü Özdemir, outro sobrevivente.

Grupos curdos acusam o Executivo turco de não ter sido agressivo no combate ao Estado Islâmico, que matou 32 pessoas em Suruc.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações

Responsáveis da discoteca que ardeu em Istambul detidos para interrogatório

Incêndio em discoteca de Istambul faz dezenas de mortos