EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Drogba continua de azul no Canadá e com o "11" nas costas

Drogba continua de azul no Canadá e com o "11" nas costas
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Afinal nem foi uma mudança assim tão radical a de Didier Drogba, desde Inglaterra para o Canadá. O avançado costa-marfinense, de 37 anos, vai

PUBLICIDADE

Afinal nem foi uma mudança assim tão radical a de Didier Drogba, desde Inglaterra para o Canadá. O avançado costa-marfinense, de 37 anos, vai continuar a vestir no Montreal Impact o mesmo tom de azul que envergava no Chelsea e até o número, o “11”, vai manter nas costas.

Une image vaut mille mots #IMFCpic.twitter.com/51rZg8OCy6

— Impact de Montréal (@impactmontreal) 31 julho 2015

Depois de uma chegada apoteótica na véspera, o avançado foi apresentado esta sexta-feira pelo modesto Monteal Impact, equipa onde vai ser o “jogador designado”, isto é, a estrela que pode ganhar acima do teto salarial da Liga de Futebol norte-americana (MLS). Mas o “elefante” africano garante que será apenas mais um ser humano no balneário.

“Superestrela é apenas a forma como as pessoas olham para certos jogadores. Mas no balneário somos todos iguais, somos seres humanos. Tudo o que posso tentar fazer é partilhar o que sei com os meus colegas que querem aprender e aprender também com eles”, afirmou o costa-marfinense, que chegou a ser relacionado com o FC Porto, que ainda procura um sucessor para o colombiano Jackson Martinez — poderá ser o italo-argentino Pablo Osvaldo, que acaba de rescindir com o Southampton.

Com o futuro já definido no Canadá, Didier Drogba é a mais recente estrela da MLS, para onde se mudaram no último ano também Frank Lampard, Andrea Pirlo (New York City), Steven Gerrard (LA Galaxy) ou Kaká (Orlando City).

Il était une fois… Once upon a time … #IMFCpic.twitter.com/aQ2gkuoL6S

— Impact de Montréal (@impactmontreal) 30 julho 2015

O costa-marfinense chegou a estar próximo de ingressar no Chicago Fire, que tinha opção garantida junto da MLS, mas o Montreal Impact negociou essa opção diretamente com os norte-americanos e conseguiu desviar Drogba para o Canadá. O ex-avançado do Chelsea e do Galatasaray assinou por 18 meses e vai ganhar cerca de 3 milhões de dólares anuais.

O salário do costa-marfinense está ao nível de Pirlo, ficando fora do top-10 das estrelas mais bem pagas da MLS, numa lista liderada pelo brasileiro Kaká (7,16 milhões de dólares/ ano).

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alemanha fora do Campeonato do Mundo do Qatar

Qatar2022: Alemanha face à Espanha para "sobreviver"

Acrobacias arrojadas na neve do Canadá