EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Médio Oriente: incêndio criminoso mata criança de 18 meses

Médio Oriente: incêndio criminoso mata criança de 18 meses
Direitos de autor 
De  Euronews com Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Médio Oriente, extremistas judeus suspeitos teriam lançado fogo a uma casa de uma família palestiniana situada na Margem Ocidental. As chamas

PUBLICIDADE

No Médio Oriente, extremistas judeus suspeitos teriam lançado fogo a uma casa de uma família palestiniana situada na Margem Ocidental.

As chamas provocaram a morte a uma criança palestiniana de 18 meses.

O irmão mais velho, de quatro anos, assim como os pais sofreram ferimentos graves e foram transportados para um hospital israelita.

O sinistro teve lugar em Duma, uma pequena localidade situada próximo à cidade de Nablus.

“Trata-se de um acto horrível nunca antes cometido – excepto pelo que os nazis fizeram aos judeus. E penso que houve cumplicidade entre os colonos e o exército israelita”, afirmou Akram Rajoub, governador de Nablus.

O incidente foi descrito pelo primeiro-ministro de Israel como um ato de “terrorismo”.

No exterior da casa foi encontrada uma inscrição com a palavra “Vingança” em hebraico.

Fontes policiais afirmam que o incêndio teria sido provocado pelo grupo extremista judeu, “Price Tag” e teria motivações nacionalistas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque israelita na Cisjordânia faz 14 mortos. EUA ponderam sanções ao exército israelita

Israel diz ter matado três membros do Hamas num hospital na Cisjordânia

Forças israelitas terminam operações no norte de Gaza