Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ex-refém francesa libertada no Iémen chegou a Paris

Ex-refém francesa libertada no Iémen chegou a Paris
Tamanho do texto Aa Aa

Isabelle Prime chegou esta sexta-feira a Paris, um dia depois de ter sido libertada no Iémen, onde esteve sequestrada durante cinco meses.

A ex-refém francesa foi recebida pelo presidente François Hollande e pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius.

Prime explicou que “a detenção durou cerca de cinco meses”, mas disse que “sempre soube” que a França a apoiaria, “pois nunca abandonou nenhum dos seus compatriotas”. E fez questão de “agradecer aos serviços que se ocuparam da [sua] família e [dela própria] quando chegou a Omã”.

Hollande aproveitou para advertir que “os cidadãos franceses em zonas de risco devem ter o máximo cuidado para não se exporem. Há alguns que são obrigados a fazê-lo, por é a sua missão, mas os outros devem ser prudentes”.

Prime estava no Iémen desde 2013 e trabalhava em Saná para a empresa Ayala Consulting, especializada em programas de proteção social, quando foi sequestrada, a 24 de fevereiro, por um grupo de homes disfarçados de polícias. A sua intérprete, raptada na mesma ocasião, tinha sido libertada em março.

A identidade dos sequestradores é ainda uma incógnita.