Iraque: Ex-primeiro-ministro poderá ser julgado pela queda de Mossul

Iraque: Ex-primeiro-ministro poderá ser julgado pela queda de Mossul
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Iraque, uma comissão parlamentar recomenda o julgamento do ex-primeiro-ministro, Nuri al-Maliki e de dezenas de outros altos funcionários pela

PUBLICIDADE

No Iraque, uma comissão parlamentar recomenda o julgamento do ex-primeiro-ministro, Nuri al-Maliki e de dezenas de outros altos funcionários pela queda da cidade de Mossul, tomada pelo grupo Estado Islâmico, no ano passado.

Esta iniciativa insere-se numa campanha de combate à corrupção, anunciada na semana passada pelo actual chefe do Governo, Haider al-Abadi que acusa os antigos responsáveis políticos de terem tornado o país ingovernável.

As conclusões da comissão de inquérito alegam que Maliki, que continua a ser uma figura poderosa, tinha uma imagem imprecisa da ameaça em Mossul porque terá designado comandantes que se envolveram em corrupção e não conseguiu responsabilizá-los.

A queda de Mossul continua envolta em mistério. Não se sabe ainda quem deu a ordem para que o Exército iraquiano abandonasse a luta pelo controlo da cidade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estados Unidos lançam ataque maciço contra milícias no Iraque e na Síria

Embaixada dos Estados Unidos em Bagdade atacada com rockets

Da celebração ao horror, casamento acaba com mais de uma centena de mortes no Iraque