Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Iraque: Ex-primeiro-ministro poderá ser julgado pela queda de Mossul

Iraque: Ex-primeiro-ministro poderá ser julgado pela queda de Mossul
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Iraque, uma comissão parlamentar recomenda o julgamento do ex-primeiro-ministro, Nuri al-Maliki e de dezenas de outros altos funcionários pela queda da cidade de Mossul, tomada pelo grupo Estado Islâmico, no ano passado.

Esta iniciativa insere-se numa campanha de combate à corrupção, anunciada na semana passada pelo actual chefe do Governo, Haider al-Abadi que acusa os antigos responsáveis políticos de terem tornado o país ingovernável.

As conclusões da comissão de inquérito alegam que Maliki, que continua a ser uma figura poderosa, tinha uma imagem imprecisa da ameaça em Mossul porque terá designado comandantes que se envolveram em corrupção e não conseguiu responsabilizá-los.

A queda de Mossul continua envolta em mistério. Não se sabe ainda quem deu a ordem para que o Exército iraquiano abandonasse a luta pelo controlo da cidade.