EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Liga Árabe reclama estratégia para combater Estado Islâmico na Líbia

Liga Árabe reclama estratégia para combater Estado Islâmico na Líbia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apesar das conversações ao nível internacional, a guerra continua na Líbia. Os combates desenrolam-se entre milícias civis, e também com os

PUBLICIDADE

Apesar das conversações ao nível internacional, a guerra continua na Líbia.

Os combates desenrolam-se entre milícias civis, e também com os combatentes do grupo Estado Islâmico (EI), que está a expandir a influência na cidade de Benghazi e tomou o controlo da cidade de Sirte.

A Liga Árabe, reunida esta terça-feira, no Cairo, a pedido do governo líbio reconhecido internacionalmente, apelou para a criação de uma estratégia árabe para ajudar militarmente o governo a combater os jihadistas do Estado Islâmico.

Mas a decisão não será fácil como lembra o analista político líbio, Abed Alsalam Ismael

“Os países árabes precisam da ajuda das grandes potências, que têm que fornecer assistência imediata para este caso, mas é preciso dizer que os países árabes estão, atualmente, envolvidos nos conflitos no Iraque, na Síria, no Iémen e penso que os pedidos da Líbia surgem no sítio e no momento errado”.

O correspondente da euronews, Mohamed Shaikibrahim, acompanhou a reunião extrordinária da Liga árabe:

“O encontro de hoje reflete o receio crescente dos Estados árabes, da expansão do Estado Islâmico (EI) na região, mais recentemente na Líbia, enquanto enviam uma mensagem de alerta e pedido de ajuda à Europa,
depois desta organização ter chegado à margem oposta às praias europeias”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca alvos na Síria e no Líbano

Presidente ucraniano acusa alguns líderes árabes de fecharem os olhos

Zelenskyy participa na cimeira da Liga Árabe