Escândalos sexuais com capacetes azuis na República Centro-Africana

Escândalos sexuais com capacetes azuis na República Centro-Africana
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os escândalos relativos a abusos cometidos por capacetes azuis continuam a assolar a missão da ONU, na República Centro-Africana. O Ministro da

PUBLICIDADE

Os escândalos relativos a abusos cometidos por capacetes azuis continuam a assolar a missão da ONU, na República Centro-Africana.

O Ministro da Justiça da República do Congo anunciou que três soldados vão ser investigados devido ao seu comportamento.

Nesta quarta-feira a organização internacional anunciou que três mulheres, incluindo uma menor, foram violadas por soldados da paz.

Na semana passada, o responsável pela missão na República Centro Africano, Babacar Gaye demitiu-se a pedido do secretário-geral da ONU, Ban ki-Moon.

Desde 2014 foram destacados, aproximadamente, 10 mil soldados
da paz, para fazer face à guerra civil no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Inundações da República Democrática do Congo matam mais de 400 pessoas

Inundações na RDC leva muitas pessoas a perderem tudo incluindo a família

Guterres condena ataque "inconcebível" que matou trabalhadores humanitários em Gaza