EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Gaza: professores descontentes atrasam início do ano escolar

Gaza: professores descontentes atrasam início do ano escolar
Direitos de autor 
De  Euronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Gaza milhares de professores e funcionários administrativos marcharam esta segunda-feira pelas ruas em protesto contra várias medidas anunciadas

PUBLICIDADE

Em Gaza milhares de professores e funcionários administrativos marcharam esta segunda-feira pelas ruas em protesto contra várias medidas anunciadas pela agência da ONU para os refugiados palestinianos, UNRWA.

A greve comprometeu o início do ano escolar para cerca de 200 mil estudantes palestinianos. Entre outras medidas, os professores reclamam contra o aumento do número de estudantes que podem chegar a meia centena por classe.

Este ano a agência da ONU já havia ameaçado atrasar o início do ano escolar devido à falta de fundos provenientes dos doadores internacionais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Prosseguem os combates em Gaza apesar da decisão do TIJ que obriga Israel a pôr termo à ofensiva em Rafah

Guterres condena ataque "inconcebível" que matou trabalhadores humanitários em Gaza

UNRWA diz que Israel está a proibir entrada de ajuda humanitária no norte de Gaza