Última hora

Ucrânia comemora Dia da Independência com baterias apontadas à Rússia

Ucrânia comemora Dia da Independência com baterias apontadas à Rússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia comemora hoje o Dia da Independência. Há 24 anos o país independentizou-se da União Soviética, mas atualmente luta pelo seu território contra os rebeldes pró-russos.

O presidente ucraniano acusou a Rússia de ter enviado três grandes comboios militares para o leste separatista. De acordo com Poroshenko, 50 mil soldados russos estão destacados na fronteira com a Ucrânia: “A guerra pela independência da Ucrânia continua e só venceremos se combinarmos o esforço na Defesa com a Diplomacia”.

Na autoproclamada República de Donetsk, dezenas de pessoas manifestaram o seu apoio aos rebeldes pró-russos. “Queremos que eles entendam que em Donbass estamos unidos. Somos uma república unida e valorizamos as nossas pessoas, as nossas crianças. Eles que não toquem na nossa república”, afirmou uma habitante chamada Nina.

Esta segunda-feira à tarde, o presidente da Ucrânia desloca-se a Berlim, onde vai reunir-se com François Hollande e Angela Merkel.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.