EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Síria: Estados Unidos trocam formação de combatentes por fornecimento de armas aos rebeldes

Síria: Estados Unidos trocam formação de combatentes por fornecimento de armas aos rebeldes
Direitos de autor 
De  Euronews com reuters, afp, lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O falhanço do programa de treino de rebeldes para combate na Síria leva a América a reorientar os esforços para o fornecimento de armas aos que apoia na luta contra Assad.

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos anunciaram a interrupção do programa falhado, dotado de um orçamento de mais de meio milhão de dólares, que tinha por objetivo treinar milhares de rebeldes por ano para combaterem contra o regime de Bashar al-Assad.

O programa só conseguiu formar algumas dezenas de rebeldes e os que estão atualmente em combate contam-se pelos dedos de uma mão.

Washington decidiu reorientar os esforços, que agora se vão concentrar no fornecimento de armas aos rebeldes. O Departamento de Estado quis realçar que não está a “abandonar para sempre a ideia da formação. Apenas que vai existir uma pausa”, informou o porta-voz John Kirby.

No terreno, o grupo Estado Islâmico conquistou várias localidades em torno de Alepo, a segunda maior cidade do país, no norte da Síria. O exército fiel a Assad prossegue a ofensiva lançada contra os rebeldes, com o apoio da força aérea da Rússia. Moscovo afirma estar a atingir alvos do Estado Islâmico. A Casa Branca afirma que o Kremlin tem essencialmente atacado os outros rebeldes que querem derrubar o regime de Damasco, incluindo os que são apoiados por Washington.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar