Ébola: Enfermeira britânica em "estado crítico"

Ébola: Enfermeira britânica em "estado crítico"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A enfermeira britânica que contraiu o vírus do Ébola encontra-se em “estado crítico”. Pauline Cafferkey foi transferida para o Royal Free Hospital

PUBLICIDADE

A enfermeira britânica que contraiu o vírus do Ébola encontra-se em “estado crítico”.

Pauline Cafferkey foi transferida para o Royal Free Hospital, em Londres, na sexta-feira, onde foi colocada em isolamento.

A escocesa de 39 anos que contraiu o vírus do Ébola na Serra Leoa, enquanto trabalhava com a organização humanitária “Save the Children”, em dezembro do ano passado, esteve semanas em isolamento e foi-lhe dada alta em janeiro.

Logo após o último internamento, as autoridades sanitárias britânicas confirmaram que o vírus estava presente no seu organismo mas sublinharam que o risco de contágio era baixo.

Informaram, ainda, que foram identificadas cerca 60 pessoas que estiveram em contacto com Cafferkey e que vão ficar sob observação.

Nenhuma apresenta, até ao momento, sintomas.

O surto do Ébola na África Ocidental é o mais grave desde a identificação do vírus em 1976. Registaram-se mais de 11 mil mortes desde dezembro de 2013.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de mil tochas acesas na celebração Viking no Reino Unido

Vagas de calor ameaçam salmões escoceses

Monstro de Loch Ness: Caçadores na Escócia para a maior busca de "Nessie" em meio século