EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Liga dos Campeões: Benfica fez o mais difícil mas não chegou

Liga dos Campeões: Benfica fez o mais difícil mas não chegou
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dificilmente o Benfica podia ter desejado melhor início de jogo que aquele que conseguiu em Istambul. Os encarnados colocaram-se em vantagem logo aos

PUBLICIDADE

Dificilmente o Benfica podia ter desejado melhor início de jogo que aquele que conseguiu em Istambul. Os encarnados colocaram-se em vantagem logo aos 74 segundos pelo inevitável Nico Gaitán.

O mais difícil estava feito, silenciar os fanáticos adeptos do Galatasaray. Infelizmente não chegou. A equipa da casa, que precisava desesperadamente dos três pontos, não deixou o Benfica respirar e foi sem surpresa que deu a volta ao marcador ainda antes do descanso.

Selçuk İnan, de grande penalidade, e Lukas Podolski foram os marcadores de serviço.

No segundo tempo o Benfica carregou, colocou muitos homens na frente mas decidiu (quase) sempre mal. O Galatasaray esteve sempre mais perto do terceiro que os portugueses do empate mas os turcos não voltaram a aproveitar os muitos erros defensivos dos encarnados.

#UCL | Rui Vitória: “Tivemos muitas oportunidades mas infelizmente na 2.ª parte não fomos eficazes” ChampionsLeague</a></p>&mdash; Sport Lisboa Benfica (SL_Benfica) 21 outubro 2015

Nico Gaitán voltou a estar em grande nível mas não teve quem o acompanhasse e desta vez, só o argentino não chegou.

Ainda assim, o Benfica está numa posição privilegiada para garantir um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões e partilha a liderança do grupo C com o Atlético de Madrid. Os espanhóis golearam o Astana por 4-0.

Terminamos la jornada como líderes del grupo C tras la victoria del GalatasaraySK</a> ante el <a href="https://twitter.com/SL_Benfica">SL_Benfica por 2-1. #UCL#AúpaAtleti

— Atlético de Madrid (@Atleti) 21 outubro 2015

Nulo em Paris, City ganha fora de horas

Paris Saint-Germain e Real Madrid entraram em campo no Parque dos Príncipes sem conhecer o sabor da derrota esta temporada… e saíram da mesma forma. As duas equipas não foram além dum nulo. O Malmö conquistou os primeiros pontos na Liga dos Campeões ao derrotar o Shakhtar com um tento solitário de Markus Rosenberg.

Em Moscovo, CSKA e Manchester United empataram a uma bola e quem aproveitou foi o Wolfsburg. Os alemães, com Vieirinha em campo nos últimos dezassete minutos, receberam e venceram o PSV Eindhoven por dois golos sem resposta e isolaram-se na liderança do grupo B.

Em Turim, Juventus e Borussia Mönchengladbach não conseguiram encontrar o caminho do golo. O empate a zero manteve italianos em primeiro e alemães em último. Em Manchester, o City levou de vencida o Sevilha graças a um golo fora de horas de Kevin De Bruyne.

RESULTS
All of Wednesday's Matchday 3 scores…
#UCLpic.twitter.com/jvjhpJOuoA

— Champions League (@ChampionsLeague) 21 outubro 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Real Madrid anuncia a contratação de Kylian Mbappé

Real Madrid vence a 15.ª Liga dos Campeões e continua a bater recordes

Real Madrid é campeão antecipado da LaLiga