Alemanha: Sumte vai receber 500 refugiados a contragosto

Alemanha: Sumte vai receber 500 refugiados a contragosto
Direitos de autor 
De  Nara Madeira com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Enquanto a Europa continua a debater-se para resolver a crise dos refugiados, na Alemanha, uma vila chamada Sumte, que tem uma centena de habitantes

PUBLICIDADE

Enquanto a Europa continua a debater-se para resolver a crise dos refugiados, na Alemanha, uma vila chamada Sumte, que tem uma centena de habitantes, prepara-se para acolher quinhentas pessoas. Migrantes, maioritariamente sírios, que se preparam para recomeçar aqui a sua vida.

Um desafio que os moradores acreditam que vão superar:

“Se eu pensasse que não conseguíamos ultrapassar este desafio, não estaria aqui. Penso que estamos a trabalhar muito bem, juntos, aqui em Sumte, vamos superar este desafio e ser bem-sucedidos”, adianta Jens Meier, o diretor do abrigo que vai receber os refugiados.

Es gibt Gesprächsbedarf in #Sumte, wo 1000 #Flüchtlinge in ein 100-Einwohner-Dorf ziehen:
http://t.co/Q2kULZ0jEmpic.twitter.com/VY3edM6lxP

— Kai Feldhaus (@KaiFeldhaus) 14 outubro 2015

Em Sumte, vários sírios ajudam, como podem, a organizar as coisas. A sua forma de mostrar o porquê de terem vindo para a Europa:

“Vim para aqui para construir uma nova vida. Não quero ficar sentado à espera. Quero ajudar porque é o que está toda a gente a fazer, por isso eu também tinha de fazer alguma coisa. É um pequeno gesto, mas tinha de fazê-lo”, diz Mohamad Rouhi Safwa, um dos refugiados.

Mas nem tudo são rosas. Estes habitantes não se terão proposto a receber os refugiados. Terá sido uma imposição das autoridades alemãs que, no início, quereriam que a vila recebesse um milhar de pessoas.

Police prepare for violence as 500 migrants arrive in German town #Sumtehttps://t.co/LJ7Cr4RAkVpic.twitter.com/OYtnhy9pFS

— German Trends (@Germanolizer) 2 novembro 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centro de Colónia parcialmente evacuado devido a bomba da II Guerra Mundial

Pelo menos cinco mortos em acidente de autocarro na Alemanha

Robert Habeck, vice-chanceler da Alemanha: A Europa deve afirmar-se e ser capaz de defender-se