A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Haiti: greve de 48 horas nos transportes públicos

Haiti: greve de 48 horas nos transportes públicos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Haiti vive segunda e terça-feira uma greve nacional dos transportes públicos com o objetivo declarado, segundo os sindicatos, de “derrubar” o presidente Michel Martelly. O protesto, convocado depois do anúncio de subidas nos impostos, foi mantido apesar do chefe de Estado ter dito que estava a equacionar abandonar a medida.