EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"Tous au bistrot": Paris resiste nos bares e esplanadas da capital

"Tous au bistrot": Paris resiste nos bares e esplanadas da capital
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os parisienses regressaram ontem aos cafés e às esplanadas, quatro dias após os atentados na cidade, em resposta a uma mobilização lançada nas redes

PUBLICIDADE

Os parisienses regressaram ontem aos cafés e às esplanadas, quatro dias após os atentados na cidade, em resposta a uma mobilização lançada nas redes sociai, sob “hashtags” como #tousaubistrot (todos aos cafés).

Um apelo que coincidiu com o jogo amigável entre Inglaterra e França, marcado, no terreno ou nos cafés pela “Marselhesa”, um hino que voltou a ser um símbolo de resistência em França.

“É importante prosseguir a vida normal. A minha vontade de ir ou não ir a um bar não depende dos terroristas”, afirma o cliente de um bar.

A caminho de um ballet na Ópera da Bastilha, outra residente afirma:

“Sim, é preciso mostrar que não mudámos os nossos hábitos, que continuamos a cultivar-nos e a usufruir dos prazeres da vida e da arte, como do ‘ballet’”.

No interior dos bares parisienses, o hino nacional voltou a ressoar, em uníssono com aquele cantado no estado de Wembley.

“Para ser honesta, eu canto o hino em todos os jogos da seleção francesa, mas esta noite tem um significado particular, depois dos acontecimentos trágicos que vivemos. Tínhamos necessidade de sentir a comunhão de todo o povo francês, sentir que estamos acompanhados”, afirma uma cliente.

A operação #tousaubistrot, lançada em colaboração com os restauradores de Paris, deverá prolongar-se nos próximos dias.

Uma forma da capital francesa resistir ao medo, garantindo ao mesmo tempo, o estatuto de um dos destinos turísticos mais visitados no mundo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Atentados de Paris só devem ter um impacto de curto prazo no turismo em França

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos

Ucraniano pró-russo detido em hospital francês por suspeita de planear um atentado