EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ataques de Paris: Matteo Renzi presente no velório de Valeria Solesin

Ataques de Paris: Matteo Renzi presente no velório de Valeria Solesin
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com ansa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Está a decorrer em Veneza, Itália, desde domingo o velório em câmara ardente de Valeria Solesin, a italiana de 28 anos morta nos recentes ataques

PUBLICIDADE

Está a decorrer em Veneza, Itália, desde domingo o velório em câmara ardente de Valeria Solesin, a italiana de 28 anos morta nos recentes ataques terroristas a Paris.

O primeiro-ministro Matteo Renzi foi um dos muitos compatriotas que passaram esta segunda-feira pelo local. No livro de dedicatórias, o chefe de governo italiano escreveu: “Adeus, Valeria. Obrigado pelo teu testemunho como cidadã e mulher.”

Grazie alla famiglia di Valeria Solesin, un esempio di forza e di dignità pic.twitter.com/VUf3iicuah

— Matteo Renzi (@matteorenzi) 23 novembro 2015

(Renzi: “Obrigado à família de Valeria Solsein, um exemplo de força e de dignidade.”)

O pai de Valeria não confunde os terroristas do “Daesh” com o Islão. Alberto Solesin mostrou-se inclusive recetivo à presença islâmica no derradeiro adeus à filha.

“Ficaria feliz se um Imam proferisse um sermão durante o funeral. Se falarmos de fé, falamos de pessoas que acreditam num compromisso comum em valores que não nos dividem”, justificou Alberto Solesin.

Valeria Solesin foi morta quando se divirtia a assistir, no Le Bataclan, ao concerto de Rock humorista dos norte-americanos Eagles of Death Metal. Estava ao lado do namorado e da irmã dele. A italiana foi atingida poor uma das primeiras rajadas de tiros disparadas pelos terroristas que invadiram a sala. Morreu nos braços do namorado.

Estudante em França há 4 anos, Valeria estava a fazer um doutoramento na Universidade de Sorbonne. Nos tempos livres, trabalhava num hospital infantil e era voluntária na organização não-governamental Emergency. Foi uma das 130 vitimas dos atentados de Paris.

O corpo de Valeria chegou a Veneza, sua cidade natal, no sábado, e desde domingo que está a ser velado na sede da autarquia local. O funeral acontece esta terça-feira.

Venezianos se despedem de italiana morta em Paris. Leia mais em: https://t.co/Xas4QjPmAG#ValeriaSolesinpic.twitter.com/vuSk1DWrIv

— ANSA Brasil (@ansa_br) 22 novembro 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos

Ucraniano pró-russo detido em hospital francês por suspeita de planear um atentado

Campos Elísios transformam-se numa enorme mesa de piquenique