Última hora
This content is not available in your region

China: Yuan espera entrar hoje no grupo de moedas de reserva do FMI

China: Yuan espera entrar hoje no grupo de moedas de reserva do FMI
Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) deverá conceder hoje ao yuan o estatuto de moeda de reserva da organização. A decisão irá colocar a moeda chinesa a par do euro, do dólar norte-americano, da libra britânica e do iene japonês.

Há cinco anos, na última revisão do Direito de Saque Especial (SDR, na sigla inglesa), a comissão executiva do FMI rejeitou a introdução do yuan no grupo de divisas com estatuto de reserva.

A confirmar-se a entrada no conjunto de moedas de reserva do FMI, a divisa chinesa irá ganhar peso nos mercados cambiais e abre-se a porta a um uso mais frequente do yuan.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.