EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Turismo: Sanções russas provocam grandes perdas

Turismo: Sanções russas provocam grandes perdas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Rússia e a Turquia sofrem grandes perdas, no setor do turismo. Moscovo baniu o país do Bósforo da lista de destinos turísticos, depois de Ancara

PUBLICIDADE

A Rússia e a Turquia sofrem grandes perdas, no setor do turismo. Moscovo baniu o país do Bósforo da lista de destinos turísticos, depois de Ancara ter abatido um caça russo, em novembro.

Os operadores turísticos russos afirmam ser difícil encontrar alternativas à Turquia e estimam perdas superiores às registadas depois do Egito ter, também, saído das opções turísticas, em outubro, que ultrapassam já os 23 milhões de euros.

“Não há outro destino que se possa comparar com a Turquia, em termos de preços. A Grécia é o destino mais barato na Europa mas, mesmo assim, não se pode comparar com a Turquia. É um grande problema para os operadores turísticos, uma vez que é, extremamente, difícil encontrar um destino com um preço tão acessível como a Turquia”, afirma Larissa Akhanova, relações públicas do Tez Tour, um dos principais operadores turísticos russos.

Os turistas russos não veem com bons olhos a proibição de passarem férias na Turquia.

“É triste pois nós gostamos, mesmo, das pessoas e do país. Agora vamos ter de procurar outras opções e isso parece ser uma tarefa difícil”, confirma uma moscovita.

A Turquia, que no ano passado, lucrou mais de 6 mil milhões de euros com o turismo russo, espera grandes perdas.

De acordo a Agência Federal Russa para o Turismo a Turquia foi, em 2014, o principal destino turístico, atraindo mais de 3 milhões de russos.

O Governo turco assegurou, já, que irá apoiar as empresas afetadas pelas sanções russas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin: A Turquia vai arrepender-se por ter abatido o avião militar russo

Cereais no Mar Negro ameaçados pelo Kremlin apesar de cedência da ONU

Suécia diz que avião de guerra russo violou o seu espaço aéreo