EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Afeganistão: 4 mortos em atentado dos talibãs em Cabul

Afeganistão: 4 mortos em atentado dos talibãs em Cabul
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O atentado desta sexta-feira em Cabul, no Afeganistão, fez quatro mortos: 1 agente policial espanhol, um polícia afegão e dois atacantes, de acordo

PUBLICIDADE

O atentado desta sexta-feira em Cabul, no Afeganistão, fez quatro mortos: 1 agente policial espanhol, um polícia afegão e dois atacantes, de acordo com as autoridades da cidade.

O ataque ocorreu às 18 horas locais, 13:30 de Lisboa, no bairro de Sherpor, onde ficam muitas embaixadas e edifícios governamentais. Um carro armadilhado explodiu perto da embaixada de Espanha.

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou que os talibãs não tinham como alvo a embaixada de Espanha.
“O ataque não foi contra a embaixada espanhola, no Afeganistão. Não havia essa intenção. Foi o que os talibãs disseram. Foi um ataque contra uma residência hoteleira que fica perto da embaixada.” Rajoy fez, ainda, questão de enviar, através da rede social Twitter, as condolências à família do polícia espanhol.

#Kabul Mis condolencias a familiares y compañeros del policía fallecido y mi cariño a los españoles que están o han estado en Afganistán. MR

— Mariano Rajoy Brey (@marianorajoy) December 11, 2015

O ataque dos talibãs na capital ocorre dois dias depois do início atentado na cidade de Kandahar, no sul do Afeganistão.

De acordo com as autoridades, pelo menos 50 pessoas morreram entre militares afegãos, polícias e civis.

Pelo menos 11 combatentes talibãs, alegadamente disfarçados de soldados afegãos, armados com lançadores de “rockets”, granadas e espingardas automáticas, atacaram uma coluna militar e dispararam sobre lojas, casas e escolas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Três turistas espanhóis mortos a tiro no Afeganistão

Balanço do terramoto no Afeganistão sobe para 2000 mortos

Afeganistão: Atentado mortal em evento de homenagem a jornalistas