A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

EUA: anulado julgamento de polícia acusado de morte de afro-americano

EUA: anulado julgamento de polícia acusado de morte de afro-americano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas manifestaram-se de forma pacífica em Baltimore, nos Estados Unidos, depois da anulação do julgamento do primeiro polícia acusado da morte do jovem afro-americano Freddie Gray, em abril.

William Porter é o primeiro de seis polícias a enfrentar os tribunais. O julgamento foi anulado por falta de acordo entre os jurados acerca do veredito.

O advogado da família Gray diz que “um desacordo entre jurados não é inabitual. Cerca de cinco por cento de todos os processos criminais julgados no condado [de Baltimore] resultam num desacordo. A maioria volta a ser julgada e uma grande percentagem dos casos resulta em condenações. Por isso, um júri em desacordo não significa o fim do caso de Porter”.

O agente da polícia tinha-se declarado “não culpado” das acusações de homício involuntário, negligência e má conduta.

A morte do jovem afro-americano de 25 anos, no interior de um veículo da polícia, a 19 de abril, desencadeou motins em Baltimore e uma vaga de protestos por todo o país.