A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Etiópia: 75 manifestantes mortos pelas autoridades

Etiópia: 75 manifestantes mortos pelas autoridades
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Repressão violenta de protestos na Etiópia. De acordo com a organização internacional dos direitos humanos Human Rights Watch, pelo menos 75 pessoas foram perderam a vida nas últimas semanas quando as forças da ordem dispararam sobre os manifestantes em várias cidades da região de Oromia.

Os protestos foram motivados por um projeto de expansão da capital que faz recear o confisco de terras.

O governo justificou as medidas de repressão argumentando que “terroristas” querem desestabilizar o país.

A Human Rights Watch denuncia o recurso a uma lei anti-terrorista para reprimir protestos pacíficos.

Oromia é a região de maior densidade populacional no país, com cerca de 27 milhões de habitantes.