A chuva não dá tréguas no Reino Unido

A chuva não dá tréguas no Reino Unido
De  Antonio Oliveira E Silva com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Centenas de pessoas deixaram as suas casas no norte de Inglaterra no fim de semana e há 10 mil residências sem energia elétrica.

PUBLICIDADE

Centenas de pessoas deixaram as casas onde vivem no norte de Inglaterra por causa das cheias provocadas pelas chuvas intensas que têm vindo a fazer-se sentir um pouco por todo o Reino Unido nos últimos dias.

Mais de dez mil residências ficaram sem energia elétrica, em particular no condado de Lancashire (norte).

Segundo o Tenente-Coronel Hamish Cormack, do exército britânico, era “ainda cedo para avaliar a gravidade da situação” este sábado. “O nível das águas continua a subir” e é necessário “esperar para ver o que acontece, permanecendo preparados para o pior”:

Centenas de soldados deslocaram-se entretanto este fim de semana para o condado de Cumbria, perto da fronteira com a Escócia, com o objetivo de preparar barreiras para deter os efeitos das inundações, com a ajuda das populações locais.

Mas a situação não é animadora. Há veículos submersos, infraestruturas danificadas e vias de comunicação cortadas um pouco por toda a ilha e a verdade é que as previsões de melhoria do estado do tempo estão longe de ser animadoras.

O serviço de meteorologia britânico diz que as chuvas deverão continuar em Inglaterra, na Escócia e no País de Gales.

A yellow severe weather warning for #ice has been issued: https://t.co/m0QenZTeld. Stay #weatherawaremetoffice</a> <a href="https://t.co/DVaGhUex38">pic.twitter.com/DVaGhUex38</a></p>&mdash; Met Office (metoffice) December 26, 2015

O Primeiro-Ministro britânico, David Cameron disse, na rede social Twitter, que estava preocupado com as famílias afetadas e que iria tomar as medidas necessárias:

My thoughts are with people whose homes have been flooded. I'll chair a COBRA call tomorrow to ensure everything is being done to help.

— David Cameron (@David_Cameron) December 26, 2015

No início de dezembro, o norte de Inglaterra sofreu cheias que provocaram enormes estragos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Velha guarda do rock em peso na abertura da Gibson Garage

Notas com cara de Carlos III entram em circulação em junho

As Falklands pertencem ao Reino Unido? Nova sondagem revela que nem toda a gente na Europa está de acordo