A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Combates mantêm-se à volta de Ramadi

Combates mantêm-se à volta de Ramadi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mesmo se a maior parte da cidade de Ramadi foi tomada pelas tropas iraquianas, a região está longe de estar pacificada. Os combates entre o exército do Iraque e o grupo radical armado Estado Islâmico prosseguem nas imediações da cidade.

Que Deus castigue o Daesh. Mataram com tiros na cabeça toda a gente que não quis seguir com eles para al-Sufiya. Os corpos ainda lá estão.

As operações estão a ser conduzidas pelas forças de elite antiterroristas, apoiadas por combatentes tribais e pela coligação liderada pelos Estados Unidos.

Alguns bairros de Ramadi continuam nas mãos dos radicais, mas o exército iraquiano controla agora todo o centro e alargou esse controlo a vários bairros até agora nas mãos do Daesh.

O Daesh recuou, em grande parte, para uma vila nos arredores de Ramadi, mas antes fez questão de espalhar o terror entre todos: “Que Deus castigue o Daesh. Mataram com tiros na cabeça toda a gente que não quis seguir com eles para al-Sufiya. Os corpos ainda lá estão, podem ir ver. São sete”, diz um homem ferido.

A grande tarefa para as tropas iraquianas agora vai ser a desminagem de Ramadi, já que o Daesh deixou engenhos explosivos por toda a cidade. Os terroristas tinham tomado o controlo de Ramadi no ano passado.