A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Alfredo Hawit aceita extradição

Alfredo Hawit aceita extradição
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Alfredo Hawit, presidente da Confederação da América do Norte, Central e Caraíbas, Concacaf, e vice-presidente da FIFA, detido há um mês na Suíça, aceitou ser extraditado para os Estados Unidos. Hawit, de 64 anos, está acusado de crimes de corrupção ligados ao escândalo que atingiu o organismo regulador do futebol mundial. Segundo a justiça suíça Hawit e Juan Angel Napout, presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol, detido na mesma altura, “receberam, alegadamente, dinheiro em troca da venda de direitos de comercialização relacionados com torneios de futebol na América Latina, bem como dos jogos para as qualificações do Mundial”.