A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Saltos de esqui: Fannemel venceu no Japão mas quem mais brilhou foi Kasai

Saltos de esqui: Fannemel venceu no Japão mas quem mais brilhou foi Kasai
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Este fim de semana as atenções dos adeptos de saltos de esqui estiveram voltadas para o trampolim japonês de Sapporo. Vinte e quatro horas depois da dobradinha dos irmãos Prevc, houve uma nova dobradinha, agora da Noruega.

Anders Fannemel foi quem mais teve motivos para sorrir e subiu ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez esta temporada. O recordista do mundo foi o autor do melhor salto no trampolim japonês, tendo alcançado os 143,5 metros. Feitas as contas, terminou com mais de cinco pontos de vantagem sobre o compatriota Johann André Forfang e festejou a terceira vitória da carreira na Taça do Mundo.

O líder, Peter Prevc, desta vez não foi além da sexta posição, ainda assim segue tranquilo no comando da classificação geral. Quanto a Forfang, o segundo lugar tratou-se do seu melhor resultado de sempre, aos 20 anos de idade não faltarão oportunidades para vencer.

No lugar mais baixo do pódio, o eterno Noriaki Kasai. O japonês de 43 anos, saltador mais veterano na história da competição, provou que velhos são os trapos e afirmou que pretende competir até aos 50 anos de idade porque é a única coisa que sabe fazer na vida.