Terramoto provoca derrocada de vários prédios no sul de Taiwan

Terramoto provoca derrocada de vários prédios no sul de Taiwan
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de uma centena de pessoas permanece desaparecida em Taiwan, depois de um sismo ter provocado esta noite a derrocada de vários edifícios no sul

PUBLICIDADE

Mais de uma centena de pessoas permanece desaparecida em Taiwan, depois de um sismo ter provocado esta noite a derrocada de vários edifícios no sul da ilha.

Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas na cidade de Tainan, depois do abalo ter causado o desmoronamento de oito prédios, um dos quais de 17 andares.

Ao início da manhã as equipas de resgate tinham conseguido retirar mais de 200 sobreviventes dos escombros, quando mais de uma centena de pessoas permanece desaparecida.

Um sobrevivente afirma, “o edifício começou a abanar de forma violenta. Como as escadas estavam destruídas, tivemos que saltar pela janela do segundo andar”.

“Estava a dormir e despertei ao sentir o edifício a mover-se, foi assustador”.

Esta manhã, o ministro do Interior do Taiwan admitia a possibilidade de abrir uma investigação para apurar eventuais falhas na estrutura do prédio de 17 andares, construído no início dos anos 90.

[VIDEO] Séisme à #Taiwan : un immeuble de 10 étages s'effondre à #Tainan#台灣#台南#地震pic.twitter.com/uiaEDrB30J

— Anthony Bleux (@ableuxx) February 5, 2016

As autoridades disponibilizaram cerca de mil camas para os desalojados quando o terramoto deixou igualmente mais de 16 mil pessoas sem eletricidade, levando à suspensão das ligações ferroviárias no sul da ilha.

O último terramoto no território, de 6,3 de magnitude, tinha provocado quatro mortos em 2013.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Terramoto de 6,4 provoca 3 mortos e centenas de feridos em Taiwan

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos

Presidente da Guatemala declara estado de calamidade devido a incêndios florestais