Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Haiti: Martelly deixa presidência sem sucessor

Haiti: Martelly deixa presidência sem sucessor
Tamanho do texto Aa Aa

O mandato de Michel Martelly na presidência do Haiti terminou este domingo, sem que seja conhecido o sucessor.

Um acordo de última hora para tentar ultrapassar a profunda crise política no país estipulou a nomeação de um governo de transição e de um chefe de Estado interino, até que se possa completar o processo eleitoral e designar o próximo presidente.

Perante o Parlamento, Martelly afirmou que “depois de várias reuniões com o presidente do Senado, com os deputados e com vários líderes políticos”, obteve “garantias” de que pode deixar o cargo de forma “serena”, pois “eles farão tudo o possível para garantir a estabilidade do país”.

Estados Unidos e ONU saudaram o acordo, rejeitado no entanto pela oposição no Haiti – com novos protestos na capital Port-au-Prince – que pretende que o Supremo Tribunal conduza o processo para escolher um presidente interino até às eleições, previstas para o fim de abril.