EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Governo britânico denuncia colaboração das forças curdas com o regime sírio

Governo britânico denuncia colaboração das forças curdas com o regime sírio
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira com AP/Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O governo britânico acusa as forças curdas na Síria de uma aliança militar com a Rússia e o regime sírio. Em declarações a uma comissão parlamentar

PUBLICIDADE

O governo britânico acusa as forças curdas na Síria de uma aliança militar com a Rússia e o regime sírio.

Em declarações a uma comissão parlamentar, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Philip Hammond, denunciou na terça-feira sinais “muito preocupantes” de coordenação entre a Rússia, o regime sírio e as forças curdas.

Hammond disse que os curdos sírios eram “uma parte importante “ de qualquer acordo de paz na Síria, mas que a colaboração com as forças leais ao presidente Bashar al-Assad e a Rússia coloca a Grã-Bretanha numa situação “desconfortável “.

Entretanto, em Ankara, o primeiro-ministro Ahmet Davutoglu acusou o partido curdo de se aliar às milícias curdas da Síria contra a Turquia, declarações rejeitadas pelos deputados pró-curdos.

Davutoglu denunciou uma coligação entre a Rússsia, o regime sírio, o autoproclamado Estado Islâmico e as milícias curdas da Síria, com o objetivo de implantar uma organização terrorista junto à fronteira do sul da Turquia.

O exército turco tem bombardeado posições das milícias curdas sírias no norte da Síria, exigindo que estas se retirem das áreas que conquistaram na região de Aleppo.

O governo turco acusa as milícias curdas sírias da autoria do atentado suicida do dia 17, contra dois autocarros militares, que matou 29 pessoas em Ankara.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nigel Farage ultrapassou pela primeira vez partido do primeiro-ministro Rishi Sunak

Afinal, Nigel Farage vai concorrer às eleições no Reino Unido

William apareceu sem Kate na "Garden Party" de verão do Palácio de Buckingham