EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Migrantes: Começou evacuação da "selva" de Calais

Migrantes: Começou evacuação da "selva" de Calais
Direitos de autor 
De  Dulce Dias com AFP, Reuters, AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades garantem que não haverá despejos forçados e que preferem dialogar com os migrantes para os convencer a abandonarem o acampamento

PUBLICIDADE

Começou oficialmente a evacuação da zona sul da chamada “selva de Calais”, em França. As associações humanitárias tentaram impedi-la, na justiça, mas o tribunal administrativo de Lille confirmou-a.

As autoridades garantem que não haverá despejos forçados e que preferem dialogar com os migrantes para os convencer a abandonarem o acampamento.

Em troca do despejo, propõem um centro de acolhimento provisório ou contentores, mas as associações garantem que os lugares disponíveis não são suficientes.

“Há 3000 pessoas. O Estado diz que são 1000. O Estado tem 1000 alojamentos, não tem 3000. Para onde vão as restantes 2000 pessoas?”, interroga-se Maya Konforti, da associação Auberges des Migrants, que acrescenta: “Como é que um juiz pode aceitar isto, em pleno inverno, sabendo que há muitas crianças, mulheres, bebés e menores desacompanhados?”

Próxima de Inglaterra e miserável, a “selva” constituiu-se, contudo, como uma pequena vila, com escolas, igrejas e mesmo restaurantes.

“Aqui, não vão fazer cenas mas tenho a certeza de que não se vão embora. Porque dizem ‘ir embora para onde?’ E há algo mais que dizem todos: ‘Não viemos para ficar em França, queremos passar para Inglaterra’”, explica Zimako, fundador da escola da “selva”.

La jungle de #calaisTF1LeJT</a> <a href="https://twitter.com/audrey_crespo">audrey_crespo#tf1pic.twitter.com/c9fjXrRGU7

— Thibaut Buhry (@Thibautbuhry) 26 février 2016

Depois do Tribunal Administrativo de Lille, as associações humanitárias prometem recorrer agora ao Conselho de Estado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Migrantes: Justiça francesa confirma evacuação da "selva" de Calais

Calais: Da "selva" para os contentores

A história sem fim de Calais