This content is not available in your region

Mulheres de Carachi querem conquistar o mundo ao murro

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Mulheres de Carachi querem conquistar o mundo ao murro

Não se pode dizer que Carachi, no Paquistão, seja um lugar de destaque no desporto mundial mas nem por isso os locais perdem o direito de sonhar. E se pelo meio, conseguirem quebrar algumas barreiras sociais, melhor ainda.

É o que tem feito um grupo de raparigas, entre os oito e os 17 anos de idade, que se juntaram num clube de boxe e estão determinadas em fazer do pugilismo o seu futuro.

A falta de equipamento não reduz a ambição. Afinal de contas, o projeto já deu frutos, com a participação de algumas atletas nos Jogos sul-asiáticos do mês passado.

A paixão pela modalidade acaba por ser comum a toda a família, com laços que unem os vários membros do clube, desde as pugilistas aos treinadores.

A julgar pela amostra, não faltam candidatas a seguir os passos de Syed Hussain Shah, que em 1988 conquistou o bronze olímpico em Seoul na única medalha que o Paquistão alguma vez alcançou no boxe.