EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Colômbia - Acordo de paz adiado

Colômbia - Acordo de paz adiado
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O acordo de paz entre o governo colombiano e a guerrilha das FARC não vai ser possível. O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, já tinha

PUBLICIDADE

O acordo de paz entre o governo colombiano e a guerrilha das FARC não vai ser possível.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, já tinha afirmado que não assinaria um “mau acordo” de paz.

Esta quinta-feira, o negociador das FARC reconheceu a impossibilidade de assinar um acordo a 23 de março, data limite fixada pelas duas partes.

“Pareceu-nos que o presidente (Juan Manuel) Santos agiu com objetividade, e estamos de acordo com o que ele disse, e pensamos que sim, que após o dia 23 (de março de 2016), poderá haver um acordo,” afirmou o negociador das FARC, Joaquín Gómez

O acordo de paz, cujo processo foi iniciado em novembro de 2012 em Havana, com mediação de Noruega e Cuba, procura colocar um ponto final numa guerra de 50 anos entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

Entre os temas que permanecem por solucionar inclui-se o cessar-fogo bilateral e definitivo, o abandono das armas e a concentração dos guerrilheiros para a sua desmobilização.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente colombiano pede perdão às famílias das pessoas desaparecidas e mortas

Colombianos levam os colchões para a rua para celebrar "Dia Mundial da Preguiça"

Filho do presidente da Colômbia detido por lavagem de dinheiro