Havana normaliza relações com UE antes da visita de Obama

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira  com AP
Havana normaliza relações com UE antes da visita de Obama

Cuba e União Europeia assinaram na sexta-feira, em Havana, um acordo para normalizar as relações diplomáticas bilaterais.

A chefe da diplomacia da UE, Federica Mogherini, encontrou-se com o presidente cubano Raul Castro na capital cubana, dias antes da visita do presidente americano Barack Obama, no próximo dia 22.

Após quase dois anos de negociações, o acordo de cooperação e diálogo político foi assinado em Havana por Christian Leffler, responsável pelo gabinete de relações externas da Comissão Europeia, e pelo vice-chanceler cubano Abelardo Moreno, na presença de Mogherini e do chanceler cubano, Bruno Rodríguez.

Bruxelas suspendeu a cooperação com Havana em 2013, depois da detenção de 75 dissidentes cubanos, entretanto libertados.

Com este acordo, Cuba encerra as divergências com a União Europeia antes de receber no dia 22 de março Barack Obama, para a primeira visita de um presidente americano em 88 anos.

Havana e Washington restabeleceram relações diplomáticas bilaterais em 2015, embora o embargo imposto a Cuba pelos Estados Unidos em 1962 ainda não tenha sido suspenso.

Em outubro de 2015, três meses depois de os EUA e Cuba terem retomado as relações diplomáticas, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu, pelo 24º ano consecutivo, o fim do embargo aplicado a Cuba. A resolução foi apoiada por 191 países, com votos contra dos EUA e Israel.