Curdos proclamam região federal autónoma no norte da Síria

Curdos proclamam região federal autónoma no norte da Síria
De  Rodrigo Barbosa com AFP / Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Militantes curdos da Síria proclamaram unilateralmente uma região federal autónoma no norte do país, junto à fronteira com a Turquia. A iniciativa do

PUBLICIDADE

Militantes curdos da Síria proclamaram unilateralmente uma região federal autónoma no norte do país, junto à fronteira com a Turquia.

A iniciativa do Partido da União Democrática e de grupos aliados foi rapidamente rejeitada, tanto pelo regime de Bashar al-Assad, como pela oposição síria que participa nas negociações de paz em Genebra.

A autoproclamada região autónoma, que os curdos chamam “Rojava”, é composta por três “cantões” distintos junto a fronteira norte da Síria: Afrine, Kobané e Jaziré.

A declaração curda constitui uma forma de protesto contra a exclusão do diálogo em Genebra, em grande parte devido à forte oposição turca, que considera o Partido da União Democrática como uma organização “terrorista” e teme as repercussões entre a sua própria comunidade curda.

Atores incontornáveis do conflito sírio, os curdos controlam 14 por cento do país e três quartos da fronteira com a Turquia. Com o apoio militar dos Estados Unidos, os combatentes curdos conquistaram importantes vitórias face aos extremistas do Estado Islâmico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel lança ataque contra Damasco e faz dois mortos

Mais ataques israelitas na Síria enquanto aumenta preocupação pelos refugiados em Rafah

Alegado ataque aéreo israelita a Damasco mata comandante iraniano