EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Bélgica: "Marcha contra o medo" adiada por temor de novos ataques

Bélgica: "Marcha contra o medo" adiada por temor de novos ataques
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A “marcha contra o medo” prevista para este domingo em Bruxelas foi cancelada face ao alerta terrorista, de nível 3 em 4, em vigor na capital belga

PUBLICIDADE

A “marcha contra o medo” prevista para este domingo em Bruxelas foi cancelada face ao alerta terrorista, de nível 3 em 4, em vigor na capital belga.

Os organizadores acataram esta tarde o apelo das autoridades, expresso pelo ministro do Interior e pelo edil de Bruxelas, para que a população adie a manifestação.

Segundo o presidente da Câmara, Yvan Mayeur:

“Nós partilhamos a emoção da população e pedimos que deixem trabalhar todos os serviços do Estado e que esta manifestação, que estimo bastante, como muitos de entre nós, seja adiada para daqui a algumas semanas”.

Vu le niv.3 et la capacité policière, le Min. De l’Interieur & le BGM demandent de reporter le rassemblement de demain. Merci. #beSafe

— Ville de Bruxelles (@VilleBruxelles) March 26, 2016

Quatro dias após os atentados e segundo a imprensa belga, 22 suspeitos de jihadismo julgados atualmente à revelia em Bruxelas continuam a monte.

Alguns dos suspeitos detidos nos últimos dias pertenceriam a esta rede, com ligações à Síria e liderada por Khalid Zerkani, condenado em Julho a 12 anos de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques jihadistas em França e na Bélgica: Uma cronologia

Bélgica: Três suspeitos acusados de terrorismo

Daesh reivindica autoria dos atentados de Bruxelas em dois vídeos