Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Kosovo:Oposição perturba investidura de Presidente

Kosovo:Oposição perturba investidura de Presidente
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O antigo chefe político dos separatistas albaneses do Kosovo, Hashim Thaçi, foi investido Presidente numa cerimónia solene que a oposição nacionalista tentou boicotar.

Apoiantes da oposição nacionalista lançaram bombas de gás para tentar interromper a celebração que deccoria na Praça Skanderbeg em Pristina.

O movimento Autodeterminação reivindicou a responsabilidade pelo incidente. Seis pessoas foram detidas pela polícia.

A oposição tem tentado interromper a atividade do Parlamento desde setembro do ano passado para protestar contra um acordo entre o Kosovo e a Sérvia, que dá mais poderes aos sérvios no Kosovo, e outro sobre um pacto de demarcação das fronteiras com Montenegro.

Nos oito anos de independência do Kosovo, autoproclamada em 2008 após a separação da Sérvia, foi a primeira vez que se celebrou uma investidura pública do Presidente, um importante protagonista de “guerra da independência” (1996-1999) e que depois ocupou os cargos de primeiro-ministro e recentemente a pasta dos Negócios Estrangeiros.

Mais de 1.000 visitantes de 50 países, além dos diplomatas dos países que reconhecem Kosovo enquanto estado independente, estiveram presentes.