A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Nigéria: Boko Haram divulga vídeo de meninas raptadas há dois anos

Nigéria: Boko Haram divulga vídeo de meninas raptadas há dois anos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo terrorista Boko Haram divulgou, esta quinta-feira, um vídeo mostrando 15 das 219 meninas raptadas há, exatamente, dois anos de um colégio na localidade de Chibok, na Nigéria.

Três mães garantem ter identificado as filhas.

As imagens terão sido captadas em dezembro, de 2015, e mostram as adolescentes vestidas com trajes islâmicos.

Acredita-se que as jovens tenham sido vendidas, obrigadas a casar à força ou usadas como escravas sexuais.

Esta quinta-feira, centenas de pessoas marcharam pelas ruas da capital nigeriana, Abuja, para pressionar o governo e a comunidade internacional para aumentarem os esforços para libertarem as jovens.

Há dois anos o mundo e várias personalidades, onde se inclui a primeira-dama norte-americana, Michelle Obama, aderiram ao movimento #BringBackOurGirls (Tragam de volta as nossas raparigas). Hoje os manifestantes reclamam por mais iniciativas.