Negociações de paz para Síria estão longe do sucesso

Access to the comments Comentários
De  Luis Guita
Negociações de paz para Síria estão longe do sucesso

As negociações de paz para a Síria foram retomadas esta segunda-feira na Suíça.

O chefe da representação do governo sírio nas conversações de paz em Genebra, Bashar Jaafari, acusou Israel de cooperar com militantes do grupo Estado Islâmico e da Al Qaeda na região dos Montes Golan. As declarações de Jaafari acabaram por desviar a atenção das negociações entre sírios..

“Temos informações credíveis e documentados sobre a cumplicidade de Israel com os terroristas de Jabhat al.Nusra e com o grupo Estado Islâmico nos Montes Golan.
Há também um conluio entre Israel e o Qatar no rapto de soldados filipinos que integram a Força das Nações Unidas de Observação da Separação nos Golan,” revelou Bashar Jaafari.

Também esta segunda-feira, o coordenador do Alto Comité de Negociações, da oposição síria, Riad Hijab, afirmou que era “inaceitável” continuar as negociações de paz em Genebra se o governo sírio e os seus aliados não levantarem os cercos e pararem de bombardear áreas civis.

“O que está a acontecer no terreno faz aumentar a pressão sobre os protagonistas das negociações de paz para a Síria,no Palácio das Nações Unidas em Genebra. Com um fosso cada vez maior entre as duas partes, sobre a transição política, tem de se colocar a questão sobre se estas negociações são realmente para continuar ou serão suspensas e voltar a perder-se uma oportunidade de acabar com o sofrimento do povo sírio,” concluiu a enviada especial da euronews, Faiza Garah.