EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Venezuela reduz semana laboral a dois dias úteis para evitar "apagão"

Venezuela reduz semana laboral a dois dias úteis para evitar "apagão"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A crise económica na Venezuela coloca o país e o governo de Nicolas Maduro à beira de um “apagão”. O presidente anunciou ontem uma redução radical

PUBLICIDADE

A crise económica na Venezuela coloca o país e o governo de Nicolas Maduro à beira de um “apagão”.

O presidente anunciou ontem uma redução radical dos horários dos serviços públicos face à penúria energética.

Os funcionários vão trabalhar apenas dois dias por semana, segunda e terça-feira, face à seca que afeta a produção de energia nas 19 barragens do país.

O governo tinha já decidido cortar a eletricidade quatro horas por dia durante os próximos 40 dias para tentar evitar o “apagão”.

Medidas que, somadas à inflação galopante e à penúria de alimentos dão mais energia à oposição que iniciou ontem a primeira fase de um processo para derrubar o presidente por referendo.

Segundo o líder da coligação da oposição:

“Nós queremos mudar o governo. O povo Venezuelano quer que o governo mude mas nós queremos fazê-lo de forma pacífica. É por isso que obtivemos hoje estes formulários para recolher 195 mil assinaturas, que nos vão permitir numa segunda fase recolher 4 milhões de assinaturas, 20% do eleitorado. E temos a certeza que o vamos fazer num tempo recorde”.

A Comissão Eleitoral autorizou ontem a oposição a iniciar o processo para convocar um referendo ao derrube de Maduro.

A oposição tem 30 dias para recolher as quase 200 mil assinaturas, mas assegura que o poderá fazer nas próximas horas.

Uma iniciativa abalada, no entanto, pela decisão do governo de reduzir os dias úteis de trabalho semanais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nicólas Maduro elabora plano para proteger sistema elétrico do país

Eleições europeias: O que é que os eleitores querem e o que é que os candidatos prometem?

Partido dos Finlandeses expulsa deputado por alegado envolvimento num tiroteio