EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

ONU diz que situação em Alepo deteriorou-se de forma "catastrófica"

ONU diz que situação em Alepo deteriorou-se de forma "catastrófica"
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP / Lusa / Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A ONU diz que a situação na cidade síria de Alepo se deteriorou de forma “catastrófica [...] nas últimas 24-48 horas”. O secretário-geral das Nações

PUBLICIDADE

A ONU diz que a situação na cidade síria de Alepo se deteriorou de forma “catastrófica […] nas últimas 24-48 horas”. O secretário-geral das Nações Unidas frisou que “os ataques contra civis são violações inaceitáveis das leis humanitárias”.

Jan Egeland, que dirige a missão de assistência humanitária da ONU na Síria, disse que “há um grande número de vidas civis em jogo. Há tantos profissionais de saúde e assistência a ser atingidos por bombas, mortos ou feridos, que está também em jogo a tábua de salvação de milhões de pessoas”.

As Nações Unidas classificaram o ataque contra o hospital Al-Quds de Alepo como “indesculpável”, apontando as suspeitas para o regime sírio, à semelhança dos Estados Unidos.

O porta-voz do departamento de Estado norte-americano, John Kirby, afirmou que “tem todos os indícios do tipo de ataque que o regime fez no passado contra instalações de tratamento e socorristas”.

A organização Médicos Sem Fronteiras, que apoiava o hospital, denunciou a destruição do “principal centro de referência para os cuidados pediátricos na região”.

O coordenador de comunicações da MSF, Sam Taylor, disse que “o melhor recurso que existia, para mulheres que iam dar à luz e crianças doentes, deixou de existir. Era o ponto de referência para toda a região de Alepo, para as 250.000 pessoas que se encontram encurraladas e que não encontrarão alternativas tão boas como a que foi destruída”.

Taylor destacou que é o sétimo hospital apoiado pela Médicos Sem Fronteiras a ser atacado, desde o início do ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar