Fundador da PIP condenado a quatro anos de prisão

Fundador da PIP condenado a quatro anos de prisão
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ainda o caso dos implantes mamários defeituosos.

PUBLICIDADE

O fundador da empresa PIP, julgado em segunda instância no caso dos implantes mamários defeituosos, foi condenado a quatro anos de prisão.

No entanto, Jean-Claude Mas pôde sair em liberdade do tribunal de Aix-en-Provence, em França, já que interpôs um novo recurso. Este foi um julgamento por fraude, mas enfrenta outros processos ainda mais graves, nomeadamente por homicídios involuntários.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores franceses mantêm protestos apesar de novas medidas do governo

Praias de desembarque do Dia D podem ser consideradas Património Mundial da UNESCO

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris