EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Sobreviventes retirados dos escombros em Nairobi

Sobreviventes retirados dos escombros em Nairobi
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Três mulheres e um homem foram resgatados dos escombros do edifício que ruiu, há seis dias, em Nairobi, no Quénia. Segundo o comandante da polícia o

PUBLICIDADE

Três mulheres e um homem foram resgatados dos escombros do edifício que ruiu, há seis dias, em Nairobi, no Quénia. Segundo o comandante da polícia o número total de mortos ascende a trinta e nove. Setenta pessoas continuam desaparecidas e 140 foram resgatadas.

Great News! Woman rescued alive 6 days after being trapped inside the rubble of the collapsed building in Huruma pic.twitter.com/DTuop49YvB

— Kenya Red Cross (@KenyaRedCross) May 5, 2016

Mesmo durante a noite as operações de resgate continuam. A polícia acredita poder haver mais sobreviventes:

“Resgatámos coelhos dos escombros do edifício e para mim isso é um sinal de que há vida no seu interior. Se eles estão vivos significa que há circulação de oxigénio e é possível encontrarmos pessoas vivas”, adiantou o responsável pelas operações de resgate.

Rescuers at collapsed buiding in Huruma, rescued 9 rabbits alive. Hope of life under the rubble. Photo:Pius Masai pic.twitter.com/RJs3gsqaL2

— Kenya Red Cross (@KenyaRedCross) May 4, 2016

Kenya Red Cross takes 9 rescued rabbits to temporary animal shelter (KSPCA). pic.twitter.com/I33K2Vkp6b

— Kenya Red Cross (@KenyaRedCross) May 5, 2016

A verdade é que já encontraram, pessoas vivas. A primeira a ser salva, esta quinta-feira, a meio da tarde, foi uma mulher grávida que acabou por perder o bebé. Apesar desta tragédia, está bem. Como explica o marido:

“A minha mulher não corre perigo, sei que está bem porque fui ter com o médico e perguntei se ela me reconheceria e foi ela a responder dizendo que eu era o marido dela, que me conhecia”, explica Stephen Onyango

A esperança de encontrar sobreviventes persiste mas dos escombros são também retirados corpos.

As buscas foram entretanto alargadas à ribeira de Mathare, temendo-se que os habitantes, em pânico, se tenham atirado quando o prédio de seis andares ruiu devido às chuvas torrenciais e à má qualidade da construção.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Quénia: Mulher retirada dos escombros com vida seis dias após a tragédia

Número de mortos sobe para 670 depois do deslizamento de terras na Papua-Nova Guiné

Cratera surge em rua de uma cidade romena