EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

EUA: Polícia prende suspeito da morte de três pessoas em três tiroteios

EUA: Polícia prende suspeito da morte de três pessoas em três tiroteios
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia de Maryland, nos Estados Unidos, prendeu um homem suspeito de ser responsável por três tiroteios, em dois dias, que terminaram com a morte

PUBLICIDADE

A polícia de Maryland, nos Estados Unidos, prendeu um homem suspeito de ser responsável por três tiroteios, em dois dias, que terminaram com a morte de três pessoas, entre elas a sua mulher, e fez três feridos.

A polícia confirmou, através das redes sociais, que o detido se chama Eulalio Tordil, tem 62 anos, e é um agente do Departamento de Segurança Interna.

Shootings UPDATE: Suspect IN CUSTODY in Aspen Hill area: Eulalio Tordil, 62. Press Conference to be held. Time: TBD pic.twitter.com/cHQJRPa9uP

— Montgomery Co Police (@mcpnews) 6 de maio de 2016

O suspeito foi detido, esta sexta-feira, no exterior do centro comercial onde ocorreu o segundo tiroteio:

“Foi levado para a nossa sede para interrogatório. Temos motivos para acreditar que este incidente e o que ocorreu em Aspen Hill e, potencialmente, também o do Condado de Prince George, em High Point, estão todos relacionados. Isso, obviamente, ainda tem de ser determinado pela investigação”, explicou o chefe-adjunto do departamento de polícia de Maryland.

LIVE on #Periscope: Press Conference- Shootings https://t.co/uly3BaO5vF

— Montgomery Co Police (@mcpnews) 6 de maio de 2016

São desconhecidas as motivações do suspeito mas a sua mulher, vítima mortal de um dos tiroteios, de quem estaria, aliás, separado, teria apresentado, há algum tempo queixa contra abusos, a uma das filhas do casal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"