Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Cuba: Comunidade LGBT realiza marcha anual em Havana

Cuba: Comunidade LGBT realiza marcha anual em Havana
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de homossexuais cubanos e membros da comunidade LGBT marcharam, no sábado, ao longo do Malecón, em Havana, acompanhados por dezenas de apoiantes e ativistas.

A marcha celebra os avanços feitos pela comunidade LGBT de Cuba nos últimos anos, desde a repressão generalizada dos homossexuais durante os primeiros anos da revolução do país.

Os direitos dos homossexuais fizeram grandes avanços desde então, quando gays e travestis eram rotineiramente presos e exilados pelo governo comunista.

Conduzida por uma nova geração de ativistas, incluindo Mariela Castro, filha do presidente de Cuba, Raul Castro, a comunidade LGBT em Cuba foi oficialmente aceite pelo governo e pela maioria dos habitantes do país.

Alguns ativistas dizem, no entanto, que há espaço para melhorias, e apontam o casamento homossexual como uma questão que precisa ser tratada.

Mas para a comunidade LGBT de Cuba, marchar abertamente pelo passeio histórico de Malecon, num evento anual, mostra os progressos que foram feitos num país em que eram rejeitados.