Última hora
This content is not available in your region

Alemanha prepara-se para reconhecer genocídio arménio perante a indignação da Turquia

Alemanha prepara-se para reconhecer genocídio arménio perante a indignação da Turquia
Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados alemães querem reconhecer formalmente o genocídio arménio, o que está a indignar a Turquia. O Bundestag vai votar, quinta-feira, uma resolução proposta pelos grupos parlamentares da maioria e Verdes, pelo que tem todas as condições para ser aprovada.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, telefonou mesmo à chanceler alemã, Angela Merkel.

“Se a Alemanha cair nesta armadilha, claro que isto vai afetar as nossas futuras relações bilaterais nas áreas diplomática, económica, comercial, política e militar, uma vez que somos dois membros da NATO. Acho que tudo isto vai ser tido em conta”, afirmou Erdogan.

Os deputados alemães têm sido ameaçados de morte por quererem reconhecer como genocídio a morte de, pelo menos, centenas de milhares de arménios, deportados pelos turcos otomanos, em 1915 e 1916. A Arménia diz que o genocídio matou 1,5 milhão de pessoas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.