Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Futebol pela Amizade junta jovens de todo o mundo em Milão

Futebol pela Amizade junta jovens de todo o mundo em Milão
Tamanho do texto Aa Aa

No fim de semana passado Milão foi a capital do futebol mundial. Não só acolheu a final da Liga dos Campeões, como ainda reuniu crianças de todo o mundo para a quarta edição do “Futebol pela amizade”, um projeto social que visa promover valores como a tolerância e o respeito através do desporto rei.

O torneio contou com a participação de 31 equipas, provenientes de todo o planeta e com jogadores entre os 12 e os 14 anos de idade. Entre os presentes destacou-se a equipa do Al-Wahda, que deixou para trás Damasco, na Síria, em busca da festa do futebol. Uma estreia na competição que dificilmente será esquecida.

A viagem até Milão não foi fácil para os jovens sírios, obrigados a atravessar a fronteira de autocarro até ao Líbano, onde puderam apanhar o avião para a cidade italiana. No final, valeu a pena, até porque a guerra tem vindo a destruir o seu país mas os seus sonhos continuam de pé.

Os testemunhos dos jovens futebolistas são prova disso mesmo: “Estou muito contente por estar aqui e mostrar o meu talento a todo o mundo. O meu sonho é ser um jogador famoso na Liga Espanhola, no Barcelona.”

O “Futebol pela Amizade” é muito mais que jogar futebol, é a oportunidade ideal para contactar com outras culturas e abrir a mente. Para conhecer lendas do futebol, como o embaixador do projeto, Franz Beckenbauer ou a antiga estrela do Real Madrid, Míchel Salgado, presente na condição de embaixador da UEFA:

“É um projeto que em primeiro lugar pretende atrair crianças para torneios como este, afastá-las dos problemas. Um bom exemplo é a equipa síria, que sofre com a guerra no médio oriente. Ao fim do dia, o futebol é a linguagem que todos nós falamos, que as crianças falam, que a sociedade fala e que pode juntar o mundo inteiro. Torneios como este deviam jogar-se todos os dias em todo o mundo para que os miúdos possam esquecer as dificuldades que atravessam.”

O resultado é sempre o menos importante neste tipo de iniciativas mas não deixa de ficar para a história. A edição de 2016 do “Futebol pela Amizade” foi ganha pelos eslovenos do Maribor, que derrotaram na final os húngaros do Debrecen pela margem mínima. Seguiu-se uma vista ao Giuseppe Meazza, onde viram em primeira mão Cristiano Ronaldo e companhia ganhar o título mais cobiçado do futebol europeu. Qualquer dia poderão ser eles.