Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Christine Spengler: a fotógrafa que revelou ao mundo a vida das mulheres no Irão

Christine Spengler: a fotógrafa que revelou ao mundo a vida das mulheres no Irão
Tamanho do texto Aa Aa

Em 1979, Christine Spengler revelou ao mundo a forma como as mulheres viviam na República Islâmica do Irão.

As fotografias não podiam ser tiradas por um homem porque ele seria acusado de espionagem e não podia esconder-se atrás do véu.

Para conseguir fazer os retratos, a fotojornalista francesa teve de colocar um véu de modo a passar despercebida

“As fotografias não podiam ser tiradas por um homem porque ele seria acusado de espionagem e não podia esconder-se atrás do véu. Para mim foi mais fácil”, contou a fotógrafa francesa.

“As minhas fotografias foram logo publicadas na revista Paris Match. As mulheres tinham crianças nos braços e estavam maquilhadas e tatuadas como múmias egípcias”, recordou Christine Spengler.

O trabalho da fotógrafa francesa segue hoje uma estética diferente, mas, Christine Spengler afirma que não perdeu a veia jornalística.

“Continuo muito empenhada. Retrato o luto e a dor das pessoas, a preto e branco. Uso as cores para mostrar a beleza do mundo. São cores vivas que eu não consegui usar durante os anos da guerra”, sublinhou a fotógrafa francesa.

As obras de Christine Spengler estão expostas no Casa Europeia da Fotografia, em Paris. A exposição reúne fotografias tiradas entre 1970 e 2016.