Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rossi ganha o duelo com Márquez no GP da Catalunha

Rossi ganha o duelo com Márquez no GP da Catalunha
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Este domingo, os fãs espanhóis estavam preparados para fazer a festa com o compatriota Marc Márquez, que tinha conseguido a “pole position”, mas o piloto da Honda não foi capaz de aproveitar a vantagem.

Foi o italiano Valentino Rossi (Yamaha) que conseguiu nas últimas voltas impor-se e ganhar o Grande Prémio da Catalunha em MotoGP.

No arranque da corrida, Valentino Rossi ocupava a quinta posição na grelha de partida.

Para se impor aos espanhóis da Honda, Marc Márquez e Dani Pedrosa, o italiano deu um verdadeiro espetáculo.

O grande perdedor do dia foi o espanhol Jorge Lorenzo (Yamaha), o líder do Campeonato a quando do arranque da corrida, foi abalroado pelo italiano Andrea Iannone (Ducati), após uma ultrapassagem arriscada e ficou fora de prova.

No campeonato, Márquez tem 125 pontos, Lorenzo 115 e Rossi 103.

A vitória histórica de Casey Stoner em 2007

Valentino Rossi não é o único a ter desafiado os pilotos espanhóis no seu território. Temos de voltar a 2007, quando Casey Stoner conseguiu fazer uma corrida histórica e sair vencedor daqui, dando à Ducati o seu primeiro, e até agora único, Campeonato do Mundo de MotoGP.

Foram mais de 110.000 fãs que observaram e vibraram com uma das provas mais emocionantes na história dos campeonatos de MotoGP

Uma batalha épica entre o italiano Valentino Rossi, o espanhol Dani Pedrosa e Casey Stoner, que o australiano acabou por ganhar sobre a linha de meta com uma vantagem de 0,069 segundos.

Morte de Luis Salom deixa o desporto motorizado de luto

O mundo do desporto motorizado foi abalado com a notícia da morte do espanhol Luis Salom, na sequência de um acidente durante os treinos livres na passada sexta-feira. É o primeiro acidente fatal no desporto motorizado desde a morte do italiano Marco Simoncelli, no Grande Prémio da Malásia em 2011.

Luis Salom, da equipa Kalex, morreu depois de cair durante a segunda sessão de treinos de Moto2 na Catalunha e ser atingido pela sua mota.

Apesar de ter sido rapidamente socorrido e transportado para o hospital, o piloto de 24 anos acabou por falecer 45 minutos depois de dar entrada na unidade de saúde.