EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Hillary Clinton e Elizabeth Warren: Rumo a um "ticket" de mulheres?

Hillary Clinton e Elizabeth Warren: Rumo a um "ticket" de mulheres?
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com Reuters, AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A senadora democrata pode ser candidata à vice-presidência.

PUBLICIDADE

Hillary Clinton pode levar às presidenciais norte-americanas um “ticket” 100% feminino e convidar Elizabeth Warren para candidata a vice-presidente.

Clinton, que tem a nomeação praticamente assegurada, teve uma reunião com a senadora democrata do Massachussets, um dia depois da demonstração pública de apoio.

.SenWarren</a> to <a href="https://twitter.com/maddow">Maddow: Donald Trump cannot be the one who leads the United States of America.https://t.co/qQ2gtzhxmF

— Hillary Clinton (@HillaryClinton) June 10, 2016

Warren não quis falar à imprensa no fim da reunião. Politicamente mais à esquerda, pode ser um instrumento para atrair os votos do eleitorado de Bernie Sanders, que continua na corrida, apesar de matematicamente Clinton ter já os delegados de que precisa para a nomeação.

São muitos os apoiantes de Sanders que dizem que não vão votar em Hillary. É uma situação que pode dar a vitória a Donald Trump e que o campo democrata quer evitar a todo o custo. Sanders já se disse pronto a ajudar Clinton a derrotar Trump.

Cenk Uygur, apresentador do “webcast” político “The Young Turks” (esquerda), mostra-se chocado com os dados: 83% dos seus seguidores NÃO vão votar em Hillary Clinton.

Outros apoios públicos vieram do vice-presidente Joe Biden e do próprio Barack Obama.

O presidente diz que não há ninguém melhor que Hillary para lhe suceder. O apoio foi dado num vídeo publicado nas redes sociais.

O vídeo de Obama (aqui em versão espanhola):

“Ella tiene la valentía, la compasión y el corazón para realizar el trabajo”. Mira el mensaje del presidente Obama.https://t.co/mOIfHhSxWT

— Hillary Clinton (@HillaryClinton) June 10, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Análise: navios russos enviados para Cuba são uma "demonstração de força" de Putin

Jornalista norte-americano Evan Gershkovich será julgado na Rússia por espionagem

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"