EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

UK: Assassinato de Jo Cox poderá ter sido por motivação política

UK: Assassinato de Jo Cox poderá ter sido por motivação política
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia britânica concentra as investigações na saúde mental do suspeito do assassínio da deputada Jo Cox e na sua relação com a extrema-direita.

PUBLICIDADE

A polícia britânica concentra as investigações na saúde mental do suspeito do assassínio da deputada Jo Cox e na sua relação com a extrema-direita.

Embora os motivos do homicídio não tenham ainda sido identificados claramente, o histórico mental do suspeito e prováveis laços com o extremismo de direita são a linha prioritária da investigação, segundo o comandante da polícia de West Yorkshire.

“Estamos cientes da especulação nos media sobre os problemas de saúde mental do suspeito esta é uma linha clara do inquérito. Estamos a seguir também a informação sobre as suas ligações à extrema-direita uma pista importante do inquérito e esperemos que essas duas linhas ajudem a descobrir o motivo deste ataque contra Jo”.

Um homem de 52 anos foi preso perto do local do crime e as armas foram recuperadas.

Na quinta-feira, a deputada britânica, de 41 anos, mãe de dois filhos, foi atacada a tiro e à facada em Birstall, no norte da Inglaterra, tendo falecido no seguimento dos ferimentos num hospital de Leeds.

Cox era partidária da permanência do Reino Unido na União Europeia, cujo referendo será no próximo dia 23.

Segundo vários meios de comunicação, o agressor gritou “Reino Unido primeiro!”, um slogan da extrema-direita britânica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris impõe estado de emergência na Nova Caledónia. Habitantes temem pela escassez de alimentos

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP

Irlanda vai levar a referendo os conceitos de "família" e de "dona de casa"